Estudantes criam um canudo capaz de detectar a presença de drogas na bebida

canudo anti drogas

Estaria o “Boa noite, Cinderela” com os dias contados? No que depender desse trio de amigas dos Estados Unidos, sim. As estudantes do ensino médio criaram um canudo cuja ponta reage à presença de algumas das drogas mais comuns usadas para essa prática criminosa, mudando de cor quando identifica a existência de substâncias que não deveriam estar ali naquele drink.

A criação surgiu a partir de um projeto escolar. Victoria Roca, Susana Cappello e Carolina Baigorri conseguiram criar esse canudo especial com uma ponta que muda da cor branca para um azul intenso quando em contato com três tipos de anfetaminas, soníferos e anestésicos (mais especificamente: Flunitrazepam, Cetamina e GHB), quando misturados à bebida. O bacana é que o canudo funciona mesmo se a bebida não for alcoólica.

Agora, a patente do canudo está sendo feita, e as meninas esperam conseguir criar uma campanha de financiamento coletivo para viabilizar a fabricação e comercialização do produto em larga escala. “Sabemos que não é uma solução, pois não acaba com o estupro”, disse Baigorri. “Mas esperamos que diminua a incidência de estupros e de situações perigosas que se pode passar por conta dessas drogas”, comenta a jovem.

Via: Bored Panda

via Canaltech

Deixe uma resposta