Lenovo registra lucro, mas expectativas são reduzidas por escassez de baterias

Lenovo

Nesta quinta-feira (25) a Lenovo, maior fabricante de computadores do mundo, realizou a divulgação de seus resultados financeiros do primeiro trimestre. E, apesar do lucro de US$ 535 milhões, a empresa chinesa reduziu suas expectativas para o final de 2017 devido à escassez de baterias.

Segundo Gianfranco Lanci, presidente executivo da Lenovo, a diminuição das expectativas ocorreu devido à alta demanda de baterias no setor industrial automotivo.

Apesar de a notícia não ser muito boa para a empresa, as ações da companhia cresceram 6% na bolsa de Hong Kong. Dessa forma, a Lenovo se mantém forte no mercado de PCs, mesmo em um setor que apresenta expressivas quedas nos últimos anos. De acordo com a consultoria Gartner, o mercado de computadores pessoais teve quedas pelo décimo trimestre consecutivo entre janeiro e março, ficando abaixo do número de 63 milhões de unidades vendidas no trimestre, pela primeira vez, desde 2007.

As remessas anuais da Lenovo apresentaram queda de 1% em relação ao declínio do mercado global, de 3%. Com esse resultado, a companhia chinesa aumentou sua participação no mercado para 21,4%.

Em relação ao mercado de smartphones, a Lenevo registra perdas de US$ 566 milhões no setor, mesmo apresentando bons resultados na América Latina e na Europa Ocidental, regiões onde os dispositivos da marca Motorola possuem grande populariedade.

Via: Reuters

via Canaltech

Deixe uma resposta