Coletando dados para IA, Google mostra como cada pessoa desenha diferente

Se você tivesse apenas 20 segundos para desenhar algo, qual seria o resultado? Como um desenho seu de sapo seria? E um de dragão, algo mais complexo? Ou como você desenharia um rosto em tão pouco tempo? Por mais incrível que pareça, a diferença entre uma pessoa e outra pode ser absurdamente grande, ainda mais quando 15 milhões de usuários fazem o teste.

Mas para que tudo isso? Todo esse teste grandioso e, em um primeiro olhar, sem utilidade, tem um motivo dos bons: aprimorar uma nova inteligência artificial do Google. Chamada de “Quick, Draw!”, ela tem o propósito de identificar desenhos e traços e tentar dar um significado para o que analisa. Porém, como que a IA poderia analisar algo e ser precisa? Fácil: coletando dados de 15 milhões de pessoas para abastecer um banco de imagens para comparar.

Como você desenharia uma ambulância em 20 segundos?

O “QuickDraw!” ainda não está pronto, mas a Google finalmente soltou os dados que coletou durante esse tempo. Não há nada muito relevante, mas certamente é interessante analisar como as pessoas diferem uma das outras. Um simples desenho de sapo, por exemplo, pode mudar drasticamente entre um usuário e outro.

E um passarinho?

Neste site, você pode ver os resultados completos além dos GIFs acima. Basta selecionar o objeto que quer observar e o Google mostrará milhões de formas diferentes do mesmo desenho. A parte boa é que esse refinamento e coleta de dados pode ajudar em aplicações futuras, como a ferramenta que desenha por você de acordo com rabiscos rápidos. Quer ajudar ou participar da brincadeira? É só entrar neste link.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta