Nova versão dos fones sem fio Dash promete consertar erros da anterior

Quando os então chamados “fones de ouvido sem fio inteligentes” Dash chegaram ao mercado pela startup alemã Bragi no começo do ano passado, muita gente ficou animada com os vários recursos dos pequeninos gadgets, como player de música embutido, 4 GB de armazenamento interno, entre outros. Porém, a dificuldade de manter-se ligado no Bluetooth mostrou ser sua maior limitação e motivo da reclamação de grande parte dos usuários. As novas versões prometem consertar esse erro e trazer outras melhorias.

O Dash Pro custa 349 euros (R$ 1286, sem taxas)

A começar pelo sistema operacional, BOS, que chegou à atualização 3.0 e traz conexão com Bluetooth, qualidade de áudio e de chamadas aprimorados, além de 5 horas de uso constante da bateria, segundo a própria companhia.

Os dois novos modelos, o Dash Pro e o Dash Pro tailored by Starkey, podem ser pareados com dispositivos Android, iOS e Windows com a chamada “configuração com um toque”. Ambos vêm com balanço tonal para deixar o som mais claro de acordo com suas ações, filtro de ruídos para o microfone e monitoramento de atividades físicas — incluindo registro de suas sessões mesmo quando você está offline, a partir da sincronia com o Bragi App para celulares e tablets.

Tradução em tempo real

Os desenvolvedores também se dedicaram a otimizar os controles sem as mãos e a tradução de outros idiomas em tempo real. É possível acessar o player de música, o monitor de atividades e o assistente de telefonia a partir do Virtual 4D Menu, apenas mexendo a cabeça.

O Dash Pro taylored by Starkey é customizado para pessoas com necessidades de audição especiais

Já o iTranslate, que adapta os idiomas de acordo com sua preferência com o uso da tecnologia Watson AI, da IBM, mesmo melhorado ainda não funciona como todo mundo imagina que um dia vá acontecer — com precisão e agilidade —, segundo avaliação do Engadget.

A versão Dash Pro taylored by Starkey será limitada a apenas 5 mil unidades, com distribuição somente para os Estados Unidos, e é confeccionada com uso de impressora 3D de acordo com o canal auditivo de usuários específicos, como músicos e pessoas que precisam de um sistema intra-auricular customizado.

O Dash Pro custa 349 euros (R$ 1286, sem taxas) e está disponível para venda no site da Bragi.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta