Estes fones de ouvido inteligentes traduzem voz e acompanham sua atividade física

Antes dos AirPods e do Samsung Gear IconX, havia a Bragi. Esta empresa alemã arrecadou fundos no Kickstarter em 2014 para lançar fones de ouvido inteligentes e sem fio. Agora, eles estão lançando a segunda geração com algumas novidades.

O Bragi Dash Pro é um fone de ouvido sem fio que promete autonomia de cinco horas. Ele vem acompanhado por uma caixinha que recarrega a bateria, oferecendo cinco cargas no total. Você pode ouvir música e também falar com assistentes pessoais, como Siri, Cortana e Google Now.

Ele possui um recurso chamado “transparência de áudio”, que age como um filtro para o mundo ao redor. Ele permite ao usuário bloquear todos os sons externos, ou deixar entrar apenas o que for importante, como a voz da pessoa com quem você está conversando.

O fone também é capaz de traduzir entre 40 idiomas diferentes em tempo real, graças à integração com o serviço iTranslate. Os usuários terão um mês gratuito, e poderão fazer uma assinatura mensal caso queiram continuar usando.

Você pode emitir comandos por toque, por voz e também por gestos, balançando a cabeça para navegar por menus de áudio. Por exemplo, é possível atender uma ligação acenando com a cabeça.

Além disso, o Dash Pro acompanha suas atividades físicas, detectando automaticamente se você está em uma corrida, andando de bicicleta, e até fazendo natação — ele é impermeável a ​​até 3 metros de profundidade. Ele mede a distância percorrida, duração, calorias queimadas e até sua frequência cardíaca. E você tem 4 GB de armazenamento para guardar suas músicas.

Ele roda Bragi OS 3, que também será distribuído para os fones Dash de primeira geração. Ou seja, em questão de software, praticamente não haverá diferença entre o modelo antigo e o novo. Em questão de hardware, no entanto, há duas mudanças notáveis.

Primeiro, o Dash Pro terá desempenho melhor na conexão Bluetooth. “É um redesign de tudo… tivemos que reprojetar a placa de circuito e os componentes que o circundam”, disse o CEO da Bragi, Nikolaj Hviid, ao The Verge. O problema mais grave no Dash original era perder a conexão com o smartphone, algo que não foi resolvido mesmo após atualizações de software.

Em segundo lugar, agora existe uma versão chamada “Bragi Dash Pro tailored by Starkey”. A Starkey é uma empresa de aparelhos auditivos: você vai até uma das lojas e um funcionário limpa seu ouvido, preenche-o com silicone e tira o molde. Então, engenheiros vão usá-lo como base para fazer uma impressão 3D dos fones de ouvido. A ideia é melhorar o encaixe e o conforto.

Resta ver se o Dash Pro conseguirá cumprir tudo o que promete. O Dash original funcionava bem como fone de ouvido, mas nem sempre detectava batimentos cardíacos, tinha dificuldade em bloquear sons ao redor, e não conseguia ouvir bem os comandos de voz.

O Dash Pro está à venda na loja online da Bragi por US$ 329, chegando a lojas de varejo como a Best Buy nas próximas semanas. Enquanto isso, a versão “tailored by Starkey” custa US$ 499.

Com informações: SlashGear, The Verge, Engadget.

Estes fones de ouvido inteligentes traduzem voz e acompanham sua atividade física

via Tecnoblog

Deixe uma resposta