Por conta da greve geral marcada para esta sexta-feira (28), que suspende parcial ou totalmente serviços como ônibus e metrô em diversas cidades do Brasil, aplicativos de transporte estão aproveitando para distrivuir descontos e ganhar novos passageiros.

As ações das marcas causaram muita discussão nas redes sociais: há quem aprove os descontos, mas muitos usuários estão criticando as empresas por estarem ajudando trabalhadores a “furarem” a greve e não colaborar com as paralisações. Independentemente de qual seja o seu lado nessa história, é possível aproveitar as promoções. Confira:

99

A primeira empresa a se manifestar foi a 99, que publicou um texto no Medium. O desconto é o seguinte: duas corridas no valor de até R$ 20 via carros particulares da empresa ou táxis que usam o app. O desconto é válido para todo o Brasil.

Para aproveitá-lo, clique aqui e siga as instruções, que envolvem colocar o seu número de telefone e receber o código no serviço, que já precisa estar instalado.

Uber

Já o Uber entende que o trânsito esperado para São Paulo deve ser ainda maior que o comum nesta sexta-feira. Por isso, ele vai oferecer duas viagens de R$ 20 na categoria UberPOOL para os horários de pico (das 7 horas às 11 horas e das 16 horas às 20 horas). Os códigos são UBERCOMPARTILHADO1 (manhã) e UBERCOMPARTILHADO2 (tarde).

Cabify

No caso do Cabify, só ganha desconto os usuários particulares ou corporativos que nunca usaram outro código no aplicativo. Para obter três corridas grátis no valor de até R$ 25, é preciso inserir a expressão “DeCabifyEuVou” entre as 6 horas da manhã e 9 horas da manhã de sábado (29).

Já o código WORKWEEK garante 30% de desconto em até 10 corridas. Ele vale de hoje (28) até 4 de maio com limite de R$ 15 por corrida. Especificamente em Sâo Paulo, o transporte está 20% mais barato com o código HospitalBarretos, com 50 centavos de cada passeio indo para o Hospital do Câncer de Barretos.