Desligamento da TV analógica vai atrasar em algumas cidades

Estamos a um passo de dar adeus às transmissões de TV analógica em todo o Brasil, mas isso vai demorar mais tempo que o planejado em algumas cidades. O Gired, grupo responsável pelo processo de digitalização de TV no Brasil, solicitou que o cronograma de desligamento fosse adiado em Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Salvador (BA) e no interior de São Paulo.

Veja as novas datas:

  • Fortaleza: alterado de julho para setembro
  • Salvador: alterado de julho para setembro
  • Belo Horizonte: alterado de julho para a segunda semana de novembro
  • Interior de São Paulo: alterado de setembro para a quarta semana de novembro

O motivo para o adiamento é que algumas emissoras encontraram obstáculos para instalar estações em Belo Horizonte e interior de São Paulo. Além disso, houve dificuldade com a distribuição de kits com conversor digital e antena UHF para pessoas atendidas por programas sociais, como o Bolsa Família. Os conversores são importados da China e houve atraso na entrega dos equipamentos.

Para desativar a TV analógica, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações exige que pelo menos 93% dos domicílios de uma região estejam aptos para captar o sinal digital. Por isso, a entrega de conversores e antenas para beneficiários de programas sociais é primordial para que a meta seja alcançada. Esse adiamento já foi confirmado pelo ministro Gilberto Kassab.

Até o momento, o restante do cronograma está mantido. As próximas cidades a terem o sinal analógico desligado são Recife (em julho), Rio de Janeiro e Vitória (ambas em outubro).

Desligamento da TV analógica vai atrasar em algumas cidades

via Tecnoblog

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *