A startup taiwanesa Gogoro, popularmente conhecida como a “Tesla das scooters”, recentemente expandiu sua frota de motos compartilhadas na cidade de Berlin, indo de 200 para 1 mil Smartscooters disponíveis para aluguel por qualquer pessoa licenciada acima de 21 anos. Por meio de uma parceria com a Coup, subsidiária da Bosch, a companhia oferece seus veículos elétricos com uma série de facilidades para seus usuários.

Um dos elementos mais interessantes é a bateria removível, que oferece um alcance total de cerca de 97 km por carga

É só trocar e sair andando

Em Taiwan, os consumidores têm que comprar uma das scooters por cerca de US$ 4 mil (em torno de R$ 12.449) e pagar uma assinatura para utilizar qualquer uma das 220 estações de troca de bateria da empresa

As estações de troca funcionam de um jeito diferente em Taiwan.

O modelo é diferente em Berlin, onde funcionários da Coup vão até pontos onde as motos ficam paradas e trocam as baterias

Na Alemanha, o trabalho é feito por funcionários da Coup.

O aluguel na cidade alemã tem opções de 3 euros (cerca de R$ 10) por meia hora e 20 euros (R$ 67) por um dia inteira

O uso na Alemanha é por tempo limitado

Além de mostrar dados em um visor colorido localizado no guidão, a moto pode ser pareada com um app para smartphone, que permite controlar alguns recursos

O visor no guidão inclui dados de velocidade, bateria e mais.

O aplicativo da Gogoro permite customizar padrões de luzes e observar informações variadas a respeito da moto, incluindo nível de bateria, médias de velocidade e outros dados

O aplicativo permite ver e customizar vários itens da moto.

Em Berlin, as Smartscooters têm velocidade máxima de 43,4 km/h, enquanto em Taiwan elas podem chegar a 95 km/h

Os limites de velocidade das scooter variam nas duas cidades.

Na cidade alemã, os consumidores podem localizar, reservar e pagar o aluguel de uma das motos por meio do app da Coup

A parceria com a Coup é essencial para a Gogoro em Berlin

Berlin é a primeira cidade foram de Taiwan onde a Gogoro já lançou suas Smartscooters, mas a companhia pretende eventualmente expandir para outros países

Os planos de expansão da Gogoro para outras cidades ainda não são claros.

Segundo o CEO da empresa, Horace Luke, um serviço de compartilhamento de scooters deve ser lançado em Amsterdã e em outras cidades.

—–

E aí, o que você achou das Smartscooters da Gogoro? Gostaria de experimentar o serviço aqui no Brasil? Deixe sua opinião nos comentários.