Home office: desafios e benefícios do trabalho remoto

Dell

*Conteúdo patrocinado

Um bom computador, um smartphone e uma conexão confiável à internet. Grande parte dos trabalhadores modernos não precisam de muito mais do que isso para cumprir as tarefas do seu dia a dia, o que tem tornado o home office não só uma opção para as empresas como também uma preferência para muita gente.

Uma pesquisa recente encomendada pela Dell e pela Intel revela que os brasileiros são grandes entusiastas da tendência: 53% das pessoas entrevistadas afirmam que realizam tarefas profissionais de casa em algum momento da semana – sendo que 24% todos os dias –, contra uma média de 34% nos demais países.

E essa preferência nacional pelo trabalho remoto não tem só relação com a praticidade da modalidade, mas também com os ganhos de qualidade de vida trazidos por ela. 38% dos brasileiros se dizem mais concentrados em suas atividades quando estão no home office, enquanto 36% reportam um melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional como resultado da prática.

Apesar da preferência dos profissionais pelo trabalho remoto, a pesquisa aponta que nem todos os brasileiros entrevistados se sentem totalmente amparados pela empresa, em termos de suporte tecnológico, quando estão atuando de forma remota. Quando questionados sobre se a empresa resolve qualquer problema com tecnologia quando estão fora do escritório, metade (50%) dos profissionais consultados no Brasil concorda apenas em parte com essa situação e só 31% apontam que a companhia dá total suporte.

Saiba mais sobre a pesquisa

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *