Funcionário processa Google por “programa de espionagem” no trabalho

Gerente de produto da empresa entrou na justiça para defender direitos trabalhistas; multa da Google pode passar dos bilhões

Um gerente de produto da Google está processando a empresa por suas políticas de confidencialidade e por um suposto “programa de espionagem” em ambiente de trabalho. Segundo a publicação The Information, o funcionário abriu um processo contra a companhia pois suas políticas de confidencialidade infringiriam as leis trabalhistas do estado da Califórnia.

Entre as principais acusações, estaria uma de que a Google estimula seus funcionários a “espionarem” uns aos outros caso suspeitem que estejam vazando informações sigilosas da empresa, especialmente para a imprensa.

Leia mais…

via Novidades do TecMundo

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *