Facebook é acusado de mentir para a União Europeia ao comprar o WhatsApp

Uma investigação realizada pela Comissão Europeia afirma que a empresa mentiu sobre as capacidades de integrar seu banco de dados com aqueles pertencentes ao mensageiro

A Comissão Europeia está acusando o Facebook de fornecer dados incorretos e informações enganosas durante o processo de avaliação decorrente do processo de compra do WhatsApp. O problema decorre da alegação da rede social de que ela seria incapaz de automatizar o processo de combinar dados de contas usadas no mensageiro e em seu site.

Margrethe Vestager, encarregada de lidar com as políticas de concorrência da União Europeia, afirma que “companhias são obrigadas a dar informações precisas à Comissão durante investigações de fusões”. O Facebook tem a oportunidade de responder às acusações, mas, caso seja condenado, deverá pagar uma multa equivalente a 1% de seu volume de negócios atual.

Leia mais…

via Novidades do TecMundo

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *