Como montar a árvore de Natal perfeita?

1. Escolha a árvore

Como montar a árvore de Natal perfeita: Escolha a árvore

Seja um pinheiro natural ou artificial, o importante é ter uma aparência boa. Dentre as opções naturais, as mais indicadas são a tuia, a kaizuka e o cedro-japonês (esses dois últimos são ciprestes, não pinheiros).

2. Ponha de pé

Como montar a árvore de Natal perfeita: ponha de pé

Se for de plástico, monte a base antes e depois os galhos. No caso de uma árvore viva, enterre-a em um vaso fundo, para que fique firme e não tombe. Faça isso no lugar definitivo. É importante checar se há tomada por perto para ligar o pisca-pisca.

3. Capriche

Como montar a árvore de Natal perfeita: capriche

Coloque as luzes – lâmpadas de LED duram 50 vezes mais e reduzem o consumo em 90%. Enrole a extensão no tronco, para esconder, e distribua as luzes de baixo para cima.

4. Acrescente laços e bolas

Eles representam união e fartura. Coloque os arranjos mais pesados embaixo e os mais leves em cima.

5. Crie efeito de neve

Para isso, pulverize isopor moído ou flocos de algodão.

No alto, finalize com o enfeite principal, cuja medida ideal é 10% do tamanho da árvore. O mais comum é usar uma estrela, um laço grande ou um anjo – símbolos cristãos da relação entre Deus e os homens.

Deixe a árvore longe de velas acesas e fontes de calor. Evite também áreas de circulação.

6. Respeite a tradição

Como montar a árvore de Natal perfeita: respeite  a tradição

No calendário cristão, a árvore deve ser retirada no Dia de Reis, em 6 de janeiro. As artificiais podem ser desmontadas e guardadas junto com os enfeites, em caixas separadas, para que nada se quebre ou estrague. As naturais podem ser mantidas ou transferidas para o jardim.

7. Finalize

Como montar a árvore de Natal perfeita: para finalizar

(Estúdio Pingado)

Para finalizar, verifique se os adereços estão bem presos e se afaste para avaliar se estão bem distribuídos.

 

Receita para uma árvore perfeita

Pequena (1 m)

Bolas – 21
Fita metálica – 5,1 m
Pisca-pisca – 3,15 m

Média (1,5 m)

Bolas – 31
Fita metálica – 7,65 m
Pisca-pisca – 4,7 m

Grande (2 m)

Bolas – 41
Fita metálica – 10,2 m
Pisca-pisca – 6,3 m

 
Fontes: Luiz Paulo Cipolatti, diretor de produção da Cipolatti, empresa do ramo de decorações de Natal e Universidade de Sheffield

via Superinteressante

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *