Integrantes do NSYNC quase fizeram parte da saga Star Wars

Para nossa alegria, Rogue One, primeiro spin-off de Star Wars, já está em cartaz nos cinemas brasileiros. Com a previsão de novos filmes chegando às telas nos próximos anos, este é um bom momento para os fãs da saga intergalática – mas nem sempre foi assim. Há muito tempo, em uma galáxia nem tão distante (mas certamente mais perturbadora), George Lucas causou a fúria dos fãs quando começaram a circular rumores de que Justin Timberlake, JC Chasez, Lance Bass, Joey Fatone e Chris Kirkpatrick, integrantes da boy band NSYNC, teriam sido convidados para fazer uma participação em Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones.

Em 2001, o amor das filhas de Lucas pelo grupo teria inspirado o diretor a convidar os músicos para integrar o exército Jedi. Justin e Lance preferiram não participar, mas Joey, Chris e JC chegaram a gravar duas pequenas participações para o filme. A mais extensa teria sido na icônica batalha de Geonosis, conflito entre a República Galáctica e a Confederação de Sistemas Independentes que deu pontapé inicial às Guerras Clônicas. Em outra, o grupo estaria casualmente conversando em um corredor por onde Obi Wan Kenobi e Yoda passariam.

Integrantes da boy band NSYNC quase fizeram parte da saga Star Wars

(Steven Fatone | Huffington Post)

Acreditava-se que o rebuliço causado pelos fãs – o programa Saturday Night Live chegou até a fazer uma paródia sobre os rumores da filmagem – teria feito George Lucas desistir de inserir as cenas, para a tristeza dos músicos. Mas, se perguntar ali no Huffington Post, provavelmente vão te dizer que um trechinho da participação ainda pode ser vista no filme. Em 2015, o portal identificou o que parece ser o fã de carteirinha da saga Joey Fantone.

O integrante do NSYNC seria o Jedi desvairado com sabre de luz azul e moicano

O integrante do NSYNC seria o Jedi desvairado com sabre de luz azul e moicano (Huffington Post)

Apesar de não haver confirmação oficial – e o próprio músico admitir não ter certeza se é ele que está ali ao fundo –, este pequeno (provável) easter egg garante que nunca mais seja possível ver o filme da mesma forma. Desculpa/De nada.

Caso sirva de consolo, os integrantes da boy band não teriam sido os únicos a perturbar a força. Jar Jar Binks, o personagem que amamos odiar, por pouco não foi ainda mais infame. Ahmed Best, ator responsável por dar voz ao medroso habitante das profundezas dos pântanos de Naboo, revelou à Vice que ninguém menos do que Michael Jackson era cotado para dar vida ao alien da raça Gungan. A ideia era que o Rei do Pop interpretasse Binks com próteses e maquiagem. Como George só queria saber de computação gráfica (e provavelmente não queria que a fama do astro ofuscasse o longa), o papel acabou ficando com Best.

Integrantes da boy band NSYNC quase fizeram parte da saga Star Wars

via Superinteressante

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *