Metrô de Berlim cria seu próprio site de encontros

Você já deve ter passado por isso: sentado no metrô, você vê uma pessoa linda, que faz exatamente o seu tipo. Vocês trocam olhares. A paixão é fulminante, e você tem certeza de que aquele é o amor da sua vida. Mas aí, chega a próxima estação e a pessoa, tão rápido quanto apareceu, vai embora do seu alcance para sempre. Fim.

É esse o final trágico que a BVG, empresa de transportes públicos alemã, quer evitar. Em seu site, a companhia criou uma seção chamada Meine Augenblicke (algo como “meu momento” em português), um espaço especial para os usuários do metrô de Berlim pedirem ajuda para encontrar o crush perdido entre as estações e baldeações. Daí o lema da seção: “A sua segunda chance”.

LEIA: Veja um comercial no celular – e ande de graça no metrô de Düsseldorf, na Alemanha

Funciona como um correio elegante virtual: se você vir alguém que gosta no transporte público, é só descrever a pessoa por lá, dar algumas dicas sobre você (como, por exemplo, as roupas que você estava usando na hora do encontro ou seu corte de cabelo) e esperar alguma resposta. Se a pessoa se perceber na descrição e quiser te conhecer, ela pode avisar a BVG, que entra em contato com você por email para mediar o encontro. Outros internautas também podem ajudar, dando dicas do paradeiro do seu mozão.

Para que o site não vire bagunça, a BVG criou jeitos de refinar a procura: você pode selecionar na busca uma das 173 estações da cidade, e até um pedaço dos 146 km de linhas de metrô. Além disso, a Meine Augenblicke tem uma lista de pessoas banidas da seção de paquera, para evitar que os trolls da internet fiquem fazendo piadinhas ou, pior, se passando pela sua paixão.

LEIA: Na Alemanha, já existe semáforo no chão para quem vive olhando o celular

O site começou, segundo a empresa, com uma ligação para o SAC da companhia – era alguém procurando uma “moça bonita” que havia fisgado seu coração naquele dia no metrô. A BVG não podia dar  informações por telefone, mas aí surgiu a ideia de criar um espaço para os próprios internautas se ajudarem em seus romances frustrados. De lá para cá, tem funcionado: diariamente, o portal recebe mais de mil visitas em busca do par perdido entre estações.

A seção pode até parecer fútil, mas tem um objetivo importante: dar uma ajudinha ao país com a menor taxa de natalidade do mundo – 1,38 nascimento por mulher (no Brasil, a taxa é de 1,82; nos EUA, é 1,88). E faz sentido começar pelo metrô, onde todos os dias passam 2 milhões de cidadãos por dia: sendo que a cidade tem 3,8 milhões de habitantes, é um bom plano bancar o cupido por lá.

via Superinteressante

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *