Bug bancário permitiu a australiano gastar R$ 4 milhões sem consequências

Mesmo condenado por suas ações, Luke Moore não teve que cumprir totalmente sua sentença e atualmente é considerado um homem livre

Normalmente vistos como algo negativo, bugs ganharam um significado totalmente novo para o australiano Luke Moore. Graças a um problema no sistema de seu banco, ele conseguiu gastar um valor equivalente a R$ 4 milhões em carros, viagens, strippers e drogas durante um período de 2 anos sem ter que responder financeiramente por suas ações.

Em março de 2010, Moore era um estudante de direito que estava buscando benefícios governamentais para conseguir sobreviver. Nessa época, ele abriu uma conta “Liberdade Total” no banco St. George que permitia a ele fazer saques sem necessariamente possuir o valor necessário para isso em sua conta.

Leia mais…

via Novidades do TecMundo

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *